Letra y música: Caetano Veloso (Brasil)

Versión: Caetano Veloso



Versión: Caetano Veloso y Gal Costa (1978)



Versión: Tania Libertad (Perú)

Letra Caetano Veloso:

Alguém cantando longe daqui
Alguém cantando longe, longe
Alguém cantando muito
Alguém cantando bem
Alguém cantando é bom de se ouvir
Alguém cantando alguma canção
A voz de alguém nessa imensidão
A voz de alguém que canta
A voz de um certo alguém
Que canta como que pra ninguém
A voz de alguém quando vem do coração
De quem mantém toda a pureza
Da natureza
Onde não há pecado nem perdão

Letra Tania Libertad:

Alguien cantando lejos, lejos
Alguien cantando mucho
Alguien cantando bien
Alguien cantando es bueno de oír
Alguien cantando alguna canción
La voz que viene en la inmensidad
La voz de alguien que canta
La voz de un ser cualquiera
Que canta para nadie tal vez
La voz de alguien que tiene un corazón
De quien tiene la pureza y la naturaleza
Donde no hay pecado ni perdón

Alguém cantando longe de você
Alguém cantando longe, longe
Alguém cantando muito
Alguém cantando bem
Alguém cantando é bom ouvir a
Alguém cantando uma canção
A voz que vem na vastidão
O cara cantando voz
A voz de qualquer ser
Cantando para talvez um
A voz de alguém que tem um coração
Quem tem a pureza ea natureza
Onde não há pecado e do perdão