Versión original: Mamonas Assassinas (1995)



Versión: Titãs - Disco: As Dez Mais (1999)




Letra:

Composición: Dinho (Mamonas Assassinas)

Mina, seus cabelo é da hora
Seu corpão violão
Meu docinho de coco
Tá me deixando louco

Minha Brasília amarela
Tá de portas abertas
Pra mode a gente se amar
Pelados em Santos

Pois você, minha pitchula
Me deixou legalzão
Não me sintcho sozinho
Você é meu chuchuzinho

Music is very good
(Oxente ai, ai, ai!)
Mas comigo ela não quer se casar
(Oxente ai, ai, ai!)
Na Brasília amarela com roda gaúcha
Ela não quer entrar
(Oxente ai, ai, ai!)

É feijão com jabá
Desgraçada num quer compartilhar
Mas ela é lindia
Muitcho mais do que lindia,
Very, very beautiful

Você me deixa doidião!
Oh yes, oh nos
Meu docinho de coco

Music is very porreta
(Oxente Paraguai!)
Pos Paraguai ela não quis viajar
(Oxente Paraguai!)
Comprei um Reebok e uma calça Fiorucci
Ela não quer usar
(Oxente Paraguai!)

Eu não sei o que faço
Pra essa mulé eu conquistchar
Por que ela é linda
Muito mais do que linda
Very, very beautiful

Você me deixa doidão!
Oh yes, oh nos
Meu chuchuzinho

Oh yes, no no no no
Eu te I love youuuuu!

Pera aí que tem mais
Um poquim de "u"
Uuuuuuuuuu...